Semana 36: 23 – 29 Abril

A equipa do Arquiteturas acredita que esta pausa é uma ótima oportunidade para relembrar as últimas sete edições do festival e oferecer aos espetadores do mundo inteiro uma retrospetiva do festival com filmes gratuitos. Cada filme será lançado todas as sexta-feiras, até à data da edição no próximo ano, que decorrerá no cinema São Jorge de 1-6 Junho, e poderá ser visionado durante uma semana. Esta iniciativa visa proporcionar visibilidade aos filmes e aos realizadores e agradecer a sua contribuição para o início de muitas discussões necessárias iniciadas no festival através das histórias retratadas nos filmes. O festival convida todas as semanas, ao vivo no Instagram, os realizadores para uma conversa informal com a diretora do festival. Estas conversas serão anunciadas sempre que for possível serem realizadas, através das páginas do Instagram e do Facebook do festival.

Media Partners:

           

STREAMING GRATUITO DISPONÍVEL DE 23 a 29 de Abril

Whose City?
Hans Christian Post, 2017, Germany, 54′
@ARQUITETURAS’1
7

Whose City? É um filme sobre a transformação de Berlim da cidade um tanto degradada e negligenciada, mas altamente dinâmica e flexível dos anos 1990 para a cidade cada vez mais chique e exclusiva de hoje. Vários documentários foram feitos nos últimos anos sobre esse assunto. Mas onde a maioria desses filmes investiga as relações de poder político e econômico no planejamento urbano de hoje, Whose City? em vez disso, volta no tempo para o quase esquecido, mas definindo as disputas arquitetônicas dos anos 1990. Com a queda do Muro de Berlim e do resto da Cortina de Ferro em 1989/1990, e a unificação alemã em 1990, os principais políticos e planejadores urbanos de Berlim ficaram obcecados com questões de estética e tradição em uma tentativa de normalizar a paisagem urbana de Berlim. E, segundo o filme, isso ajudou a pavimentar o caminho para a conquista neoliberal em curso da cidade, já que a pergunta fundamental deixou de ser feita: para quem estamos a construir?

O filme representa uma jornada meditativa por Berlim, da Potsdamer Platz no oeste à Alexanderplatz no leste, e do planejamento urbano conservador dominado por homens no início dos anos 1990 ao planejamento urbano liderado pelas mulheres de mente mais aberta de hoje. Finalmente, o filme constitui uma viagem à complexidade e riqueza do planejamento urbano. Os argumentos e pontos de vista que caracterizam o campo do planejamento berlinense desde o início dos anos 1990 são listados um após o outro, revelando gradativamente as diferentes questões que precisam ser consideradas, se quisermos ter uma cidade para todos.
O filme termina feliz. Mas a questão permanece: se Berlim realmente superará velhas e novas divisões e se tornará uma cidade para todos.

FILME COMPLETO

SOBRE HANS CHRISTIAN POST

Desde 2014, trabalha de forma independente como realizador e produtor. Em 2015, finalizou o seu primeiro documentário, Last Exit Alexanderplatz, seguido por Whose City? em 2017. O filme de teatro We are here foi lançado no início de 2019 e, em 2020, concluiu o premiado Where to With history ?, o seu quarto filme até hoje.

Atualmente, trabalha num filme sobre Copenhaga.

Ele leciona diferentes cursos no Departamento para o Estudo da Cultura da University of Southern Denmark, e foi professor convidado em várias escolas de cinema, artes e arquitetura, entre as quais The Berlage em Delft, The Independent School for the City em Rotterdam, bem como a Royal Danish Academy e a Danish National School of Performing Arts em Copenhagen.

Ele tem mestrado e doutoramento em Cultura Moderna pelo Departamento de Artes e Estudos Culturais da Universidade de Copenhagen. Seu principal campo de pesquisa é a memória cultural e urbana. Tendo Dresden e Berlim como casos primários, ele escreveu extensivamente sobre o entrelaçamento de planejamento urbano, preservação de edifícios, memória e política histórica.