Semana 9: 7-13 Agosto

A equipa do Arquiteturas acredita que esta pausa é uma ótima oportunidade para relembrar as últimas sete edições do festival e oferecer aos espetadores do mundo inteiro uma retrospetiva do festival com filmes gratuitos. Cada filme será lançado todas as sexta-feiras, até à data da edição no próximo ano, que decorrerá no cinema São Jorge de 1-6 Junho, e poderá ser visionado durante uma semana. Esta iniciativa visa proporcionar visibilidade aos filmes e aos realizadores e agradecer a sua contribuição para o início de muitas discussões necessárias iniciadas no festival através das histórias retratadas nos filmes. O festival convida todas as semanas, ao vivo no Instagram, os realizadores para uma conversa informal com a diretora do festival. Estas conversas serão anunciadas sempre que for possível serem realizadas, através das páginas do Instagram e do Facebook do festival.

STREAMING GRATUITO DISPONÍVEL ABAIXO DE 7 A 13 AGOSTO

LIVE INSTAGRAM COM GUSZTÁV HÁMOS KATJA PRATSCHKE 12 AGOSTO @19H (GMT+2)

Hidden Cities ARQUITETURAS’17

Gusztáv Hámos, Katja Pratschke, 2012, Alemanha, 27′

Anselma é a metrópole das possibilidades. Os seus habitantes tentam entender a diferença entre as aparências verdadeiras e possíveis da sua cidade. Eles comparam constantemente a realidade com a imagem da realidade dos seus espaços.
Os habitantes de Anselma sabem que o espaço é contínuo, mas não conseguem reconhecer a soleira da porta de dentro para fora. Eles nem são capazes de diferenciar exatamente o interior de um edifício da fachada exterior.
“Oh, bem”, eles finalmente dizem. “O cinema contaminou a nossa perspectiva. A cinematografia deu origem ao espaço mental de múltiplas perspectivas.”

Oito vezes cinco fotografias a preto e branco, ou 40 no total, reunidas para formar um panorama. A câmara no tripé move-se oito vezes, cada vez num ângulo de 45 graus em torno do seu próprio eixo, bem como na direcção do tecto e do chão. Por meio do facto de que a câmara é colocada no meio do espaço, é girado ainda mais num movimento circular após cada disparo e o espaço é subsequentemente montado num panorama, um espaço completamente novo é criado, o espaço representado como uma superfície. Vemos na imagem montada o que está à frente e atrás de nós.
Para reconstruir o espaço, uma folha dobrável padronizada foi produzida a partir do quadro. Das 40 fotografias, apenas 18 quadrados e 8 triângulos são necessários para poder dobrar um objecto tridimensional a partir delas. As imagens permanecem as mesmas em termos do seu arranjo entre si e da sua sequência, apenas que se afastam porque permanecem intersecções e sobreposições.
A folha dobrável é dobrada em num rombicuboctaedro, um objecto tridimensional. O espaço interior da gaiola aparece ao contrário do lado de fora. Vemos o que está à nossa frente, enquanto o que está atrás de nós está do outro lado do objecto. Para poder vê-lo, temos que virar o objecto ou contorná-lo. O espaço como objecto oculta muitas vistas que o espaço como superfície revelou. O espaço interno foi invertido em uma superfície externa.

TRAILER

FILME COMPLETO

Cities Potential Space ARQUITETURAS’15

Gusztáv Hámos, Katja Pratschke, 2014, Alemanha, 30′

CITIES (POTENTIAL SPACE) fornece um contexto temático para espaços potenciais na cidade; preocupa-se aqui com a abertura dos espaços urbanos nos quais agir e em que medida a vida pode ser moldada. A cidade não percebe a quietude; muda, perece, emerge de novo, sempre em um estado de devir. O possível também pode ser considerado o reverso do necessário ou real. A forma que a cidade poderia ter assumido, como será a cidade no futuro – são estes os aspectos que exploramos no nosso projeto. Investigamos visões urbanas e modelos de cidade, passagens espaciais e temporais, limites, lugares de transição e limiares.

TRAILER

FILME COMPLETO

SOBRE GUSTÁV HÁMOS e KATJA PRATSCHKE

Gusztáv Hámos, nascido em 1955 em Budapeste, vive em Berlim. Ele é um artista de media, curador e autor. Ocupou cargos de professor e de ensino no DFFB Berlin, UdK Berlin, HFF Potsdam-Babelsberg and Merzakademie Stuttgart. O seu trabalho artístico inclui vídeo, filme, fotografia e instalações e foi exibido na Documenta 8, La Biennale di Venezia, ZKM Karlsruhe, Ernst Múzeum Budapest e Ludwig Múzeum Budapest. Os seus vídeos e filmes foram exibidos na Tate Modern London, SFMOMA, Centre Georges Pompidou, Palais de Tokyo, Videobrasil São Paulo, Museu Stedelijk Amsterdam, Salt Istanbul e Art Basel Miami, entre outros. O seu trabalho está incluído nas colecções do Museum of Modern Art, Centre Georges Pompidou, NBK Berlin, Múzeum Ludwig Budapest, C3 Budapest, Kunstsammlung NRW e ZKM Karlsruhe. Os seus filmes e vídeos são distribuídos pela Electronic Arts Intermix New York City e Arsenal Experimental Berlin.

Katja Pratschke, nascida em 1967 em Frankfurt am Main, vive em Berlim. Ela estudou cinema na Lodz Film School, Polónia, e media art na Academy of Media Arts de Colônia. Ela tem atribuições de ensino na UdK Berlin e Filmuniversität Babelsberg. Desde 2006 organiza temporadas de filmes com Thomas Tode e Gusztáv Hámos, com quem colabora desde 1998. Os seus filmes e instalações foram exibidos na Tate Modern London, SFMOMA, Rencontres Internationales Paris / Berlim / Madri, 63ª Mostra Internazionale d ‘Arte Cinematografica di Venezia, Badischer Kunstverein Karlsruhe, Múzeum Ludwig Budapest e KHOJ New Delhi, entre outros. Ela recebeu vários prémios e bolsas, incluindo o German Short Film Award, a bolsa de viagem do Hessische Kulturstiftung e bolsas de artista residente em Veneza e Istambul.