Semana 2: 19 – 25 Junho

A equipa do Arquiteturas acredita que esta pausa é uma ótima oportunidade para relembrar as últimas sete edições do festival e fornecer aos espetadores do mundo inteiro uma retrospetiva do festival com filmes gratuitos. Cada filme será lançado todas as sexta-feiras, até à data da edição no próximo ano, que decorrerá no cinema São Jorge de 1-6 Junho, e poderá ser visionado durante uma semana. Esta iniciativa visa proporcionar visibilidade aos filmes e aos realizadores e agradecer a sua contribuição para o início de muitas discussões necessárias iniciadas no festival através das histórias retratadas nos filmes. O festival convida todas as semanas, ao vivo no Instagram, os realizadores para uma conversa informal com a diretora do festival. Estas conversas serão anunciadas sempre que for possível serem realizadas, através das páginas do Instagram e do Facebook do festival.

STREAMING GRATUITO DISPONÍVEL ABAIXO DE 19-25 JUNHO

Why a film on Michele De Lucchi

Alessio Bozzer, 2013, Itália, 64’ – LIVE INSTAGRAM TERÇA 23 JUNHO 7PM (CET)

Why a film about Michele De Lucchi? A resposta ocorre naturalmente, enquanto ouvimos o arquiteto. Que fala da arquitetura radical, das experimências conceptuais, do trabalho de Olivetti e do intenso relacionamento com Ettore Sottsass. A aventura de Memphis. Edifícios e objetos. Um dos objetos mais famosos do mundo, a lâmpada de Tolomeo, que ele projetou para Artemide em 1985. O trabalho com artesãos, por que em algum momento ele pegou uma serra elétrica e começou a fazer pequenas casas de madeira. E assim o filme é construído quase por si só. Com filmes super-8 dos anos 70, com as performances do grupo Cavart. Com fotos a preto e branco de De Lucchi vestida como Napoleão em frente à Trienal de Milão. Com a montagem da Olivetti Syntesis, onde em 1979 ele começou a trabalhar. Com o LP original Blonde on Blonde, de Bob Dylan, que estava a girar incessantemente na plataforma giratória na noite de dezembro de 1980, quando fundou o Memphis. Com o trabalho dos artesãos. Com os projetos de arquitetura em Milão, Veneza, Geórgia. Com as etapas de processamento e montagem da lâmpada Tolomeo. Com Michele De Lucchi, que enche de gasolina a sua serra elétrica e começa a cortar e modelar grandes troncos de madeira no seu espaço privado, o Chioso, em Angera.

https://www.micheledelucchiartworks.it/

Sobre Alessio Bozzer

Alessio Bozzer. Nascido em Trieste, em 1975, formado em Design Industrial no Politécnico de Milão, foi de 1999 a 2003 Enzo Mari assistente pessoal. Em 2004, fundou com Beatrice Mascellani e Marco Minuz a associação Terredarte, da qual é curador e organiza exposições e eventos, incluindo a exposição retrospectiva de Ettore Sottsass “I wonder why” no Salone degli Incanti em Trieste em 2007. Desde 2006, ele é produtor e diretor do Videoest de Trieste. O primeiro documentário é “Why a film about Michele De Lucchi”, 60 min. 2013 (selecionado como filme de abertura para o Arquiteturas Film Festival Lisbon 2013). “100 anni dopo (100 years later)”, 30 min. 2014; “Guerra in montagna (War in the mountains)”, 2015, Prémio de Melhor Roteiro no Cinema Api Giulie 2015. Em 2016, ele realizou o documentário “Trieste, Yugoslavia”, estreou no TRIESTE FILM FESTIVAL 2017. O seu último documentário é “The Community – ordinary serbian life in Trieste”, estreou em 2019 como evento especial no TRIESTE FILM FESTIVAL.

https://filmfreeway.com/AlessioBozzer494