Os filmes desta sessão emolduram existências humanas em contato mais direto e condicionante como o meio natural. Como o homem, para resistir e sobreviver, manipula esse meio circundante por meio de técnicas tradicionais de manuseio da natureza?

Still Turning é um documentário sobre a relação de sabedoria do ser humano para com a água. “Utilize corretamente a água e esta será um instrumento de domesticação (da natureza); utilize-a incorretamente e esta causará enormes desastres”, assim começa o filme cuja narrativa gira em torno da manutenção da tradição construtiva das enormes rodas d’agua na cidade de Lanzhou, nas margens do Rio Amarelo, na China. Duan Yicun, o personagem, não deixa morrer essa tradição artesanal que garante a irrigação das terras áridas da região.

Iris é um filme sobre a resistência de um estilo de vida ameaçado pela especulação imobiliária. Na costa da cidade de Beirute um lugar como outros onde o alto valor da vista para o mar custa a exclusão sócio-espacial de comunidades autóctones , arquitetos locais projetam uma estrutura maremotriz de captação de energia renovável que devolverá o direito à eletricidade aos pescadores, os habitantes originais a perder direitos pelos processos de valorização do território.

Elles é sobre a vida em uma aldeia remota nas florestas da Tunísia, distante da estrutura e serviços que a cidade pode oferecer. O filme mostra a vida diária em casas prosaicas, mostra a tradição de preparo da comida, o corte de lenha, o trato com os animais atividades de subsistência tocadas exclusivamente por mulheres. A tradição local tem também o seu lado opressor: apesar de serem as chefes de família, estas mulheres têm os seus destinos prescritos desde cedo por casamentos arranjados entre as famílias.

A paisagem das montanhas do Nepal é o cenário de Smoke Through a Spider Web. Nesta ficção, também, a tradição da vida no campo é mostrada nos rituais coletivos de celebração e na construção de fornos de barro. O sistema de castas e crenças do país, no entanto, condiciona a prática dessas tradições.

Entremarés é um documentário sobre a comunidade da Ilha de Deus, situada no bairro da Imbiribeira, nas franjas da grande Recife. O filme aborda o quotidiano de três mulheres que sobrevivem da atividade de pesca no mangue e, com o seu trabalho de resistência, transformam as condições de vida da comunidade.  

 

Iris

Lea Najjar
Líbano, 2018, 7’
Competição Novos Talentos

Estreia portuguesa

 

Still Turning

Jesse Pickett
Canadá, 2017, 10’  
Competição Documentário

Estreia portuguesa

 

Smoke Through a Spider web  

Niranjan Raj Bhetwal
Nepal, 2018, 14′  
Competição Ficção

Estreia portuguesa

 

Entremarés

Anna Andrade
Brasil, 2019, 20’
Competição Documentário

Estreia portuguesa

 

Elles

Anis Absi
Tunísia, 2018, 26’ 
Competição Documentário
Estreia portuguesa