Conferência | 8 Jun Sexta-feira | 17h 

MAAT – Sala do Geradores, Central Tejo

Alfredo Jaar artista, arquiteto e realizador, originário do Chile, vive e
trabalha em Nova Iorque desde 1982. O seu trabalho tem sido mostrado em todo
o mundo. Participou na Bienal de Veneza (1986, 2007, 2009, 2013), na Bienal de
São Paulo (1987, 1989, 2010) e também na Documenta em Kassel (1987, 2002).

Realizou exposições individuais de relevo no The New Museum of Contemporary Art,
Nova Iorque; Whitechapel, Londres; The Museum of Contemporary Art, Chicago;
The Museum of Contemporary Art, Roma; e Moderna Museet, Estocolmo. A maior
retrospetiva do seu trabalho teve lugar no Verão de 2012 em três instituições
em Berlim: Berlinische Galerie, Neue Gesellschaft für bildende Kunst e.V. e
Alte Nationalgalerie.

Em 2014 o Museum of Contemporary Art Kiasma em Helsínquia
acolheu a retrospetiva mais ampla da sua carreira. Jaar realizou mais de setenta
intervenções em espaço público por todo o mundo. Mais de sessenta monografias foram
publicadas acerca do seu trabalho. O seu trabalho pode ser encontrado nas
coleções do The Museum of Modern Art e Guggenheim Museum, Nova Iorque, no MCA
em Chicago, MOCA e LACMA em Los Angeles, na Tate em London, no Centre Georges
Pompidou em Paris, no Centro Reina Sofia em Madrid, no Moderna Museet em
Stockholm, no Louisiana Museum of Modern Art em Humlaebeck e em dezenas de outras
instituições e coleções privadas um pouco por todo o mundo.

Com o apoio de: