2014 Arquiteturas Film Festival

CINZA_3
Micael Espinha, Portugal (2014) 10′

Partindo das imagens do Arquivo da Biblioteca de Arte- Fundação Calouste Gulbenkian, os autores criaram uma curta viagem ambiental, visual e sonora, por uma Cidade-Estado utópica e fantasmagórica. Nessa Lisboa imaginária, as centrais continuam a produzir electricidade, os motores das locomotivas da novissima rede de Metro trabalham em ponto morto, os néons e a iluminaçäo noctuma funcionam sem parar, a rádio continua a transmitir discursos de Salazar, mas näo vislumbramos a mais leve presença humana, näo está lá ninguém para ver e ouvir o pulsar da recém-chegada modemidade. Apenas estátuas e fachadas habitam a cidade.

UA-56037926-1